Black Friday: 13 dicas para vender mais e fidelizar clientes[2021].

Tempo de leitura: 13 minutos

O termo Black Friday, criado pelo segmento do varejo nos Estados Unidos, acontece na 4ª sexta-feira de Novembro (logo após o feriado de Ação de Graças). Trata-se de uma imensa ação de vendas, para liquidar os estoques, com descontos que chegam a até 70% do valor normal.

Este ano a data cairá dia 26 de Novembro. E para os que vendem online, está é uma excelente oportunidade de ter ganhos altos, e fechar o ano com chave de ouro.

Embora a contagem regressiva começou, ainda há tempo para otimizar sua estratégia de vendas para a Black Friday 2021.

O que mais se espera é que seja outro ano recorde para as vendas de E-commerce. Em 2020, os varejistas giraram e transformaram a Black Friday de uma corrida de compras em uma maratona de negócios que durou toda a temporada . Somente no dois dias da Black Friday (26 e 27/11) resultou em R$ 4,02 bilhões em vendas online, um aumento de 25,1% em relação às vendas online de 2019.

Pra se ter uma noção do sucesso de vendas, dos dias 19 a 27 de novembro foi vendido quase 6 bilhões, 30,1% a mais que as vendas de 2019.

Pois bem, a pergunta que não quer calar é: seu site e sua equipe estão prontos para aumentar o tráfego e as transações em todas as próximas datas?

Para ajudá-lo no processo, separamos algumas dicas abaixo.

Quer saber como montar seu negócio Online e ter sucesso? Clique Aqui

13 Dicas para economizar seu tempo e converter mais clientes na Black Friday 2021:

  1. Comece a anunciar mais cedo
  2. Prepare seu time de atendimento
  3. Faça uma análise antecipada dos preços dos concorrentes
  4. Experimente anúncios pagos
  5. Defina os canais de venda
  6. Escolha o que vai vender
  7. Capriche na divulgação das suas promoções
  8. Ofereça diferentes opções de pagamento
  9. Não pense em fazer “Black Fraude”
  10. Prepare um plano para envios e dê atenção ao Frete
  11. Estruture seu site
  12. Considere ofertas exclusivas para celular
  13. Invista na fidelização pós-Black Friday

1-Comece a anunciar mais cedo

Exatamente! Saiba que um dos principais motivos para fazer uma Black Friday antecipada é o de aproveitar o interesse do consumidor em comprar, que vai aumentando cada vez mais à medida que a data vai se aproximando. Afinal, as contagens regressivas promovem antecipação e entusiasmo, levando a um aumento do tráfego e um aumento nas vendas.

Com a antecipação do período de promoções em 2020, ficou ainda mais forte o movimento do comércio eletrônico , o que se mostrou uma decisão muito acertada já que no ano 2019 tivemos o melhor mês de novembro para o e-commerce dos últimos 7 anos. 

Por isso, é interessante realizar algumas promoções ao longo do mês de Novembro, o famoso “esquenta”, como ferramenta de divulgação da sua marca e seus produtos, e se preparar melhor para a Black Friday, aumentando assim a lucratividade do período por mais tempo. 

2-Prepare seu time de atendimento

Equipe de trabalho

Primeiramente, uma empresa só alcança bons resultados quando é formada por trabalhadores preparados para superar desafios e superar metas com facilidade.

Dessa forma, o treinamento constante de seus colaboradores é algo imprescindível, principalmente para vender mais na Black Friday.

O fluxo de clientes é maior durante essa época, sendo preciso ter atenção redobrada no atendimento. Pois caso algo de errado aconteça no seu site, como problemas na hora de finalizar a compra, alguns consumidores podem ficar de ânimos esquentados.

Nessas horas, a central de ajuda do seu empreendimento deve estar qualificada para contornar a situação o mais rápido possível.

Além disso, atender corretamente um consumidor em uma situação problemática, ele se sentirá mais confortável e confiante para retornar e comprar mais.

Portanto, encontre quais são as maiores dores dos seus consumidores, prepare a sua equipe, e se preciso tire dúvidas e solucione problemas durante a Black Friday.

3-Faça uma análise antecipada dos preços dos concorrentes

Preços baixos, qualidade e boas oportunidades são o que mais importam para o consumidor na Black Friday. Por isso, se você oferece uma mercadoria com um valor desproporcional ao mercado, as suas chances de compra em seu site serão pequenas.

E, mesmo não sendo novidade, situações desse tipo são bem comuns no mercado. Por isso, para que não haja erros e ter sucesso nessa data, confira e analise como está o preço de seus concorrentes.

A ideia é pesquisar e analisar com antecedência seus concorrentes de modo a facilitar a definição de preços e a escolha das estratégias para chamar a atenção do consumidor com um preço atrativo.

Uma dica interessante é avaliar o valor de frete e o prazo de entrega dos principais concorrentes. Além do preço, estes dois fatores são os mais ponderados pelos consumidores do E-commerce.

Afinal, não adianta ter o melhor preço e perder vendas por frete alto ou prazo de entrega longo, não é mesmo?

4-Experimente anúncios pagos

Embora o tráfego orgânico seja a melhor forma de conseguir uma classificação elevada no Google e em outras páginas de resultados de mecanismos de pesquisa (SERPs), os anúncios pagos podem trazer melhores resultados ​​para o marketing de e-commerce da Black Friday. 

A preparação para os dias da Black Friday é uma ótima oportunidade para experimentar a estratégia PPC (Pay Per Click) e receber um rápido aumento no tráfego online. Inúmeras marcas que usam PPC afirmam que é um “grande impulsionador” para seu sucesso e, com muitas maneiras de personalização, você pode facilmente exibir seus anúncios pagos ao seu público-alvo. 

5-Defina os canais de venda

Promoções na Black Friday

Mesmo que sua loja já possua um site próprio, você pode vender seus produtos fora dele, anunciando em redes sociais e em um marketplace, por exemplo. Sendo assim, é importante definir os canais onde você fará as suas vendas da Black Friday.

Embora muitos optam por lojas virtuais próprias e/ou Marketplaces, exemplos como Instagram, Facebook, WhatsApp e até Youtube estão se tornando cada vez mais comuns na hora de vender seus produtos. Principalmente para quem está iniciando no E-commerce.

Vale lembrar que qual seja sua escolha, procure estudar a plataforma para assegurar que tudo corra bem durante suas campanhas de venda. Afinal, com tanta concorrência, sairá na frente quem estiver mais preparado.

6-Escolha o que vai vender

A maior jogada em uma Black Friday, é oferecer descontos agressivos . Porém, não é aconselhável fazer isso com todos os produtos da sua loja. Exatamente! Alguns produtos têm uma saída melhor e se destacam muito além dos outros. Por isso, a escolha correta destes produtos será um enorme diferencial na hora das vendas.

Saiba escolher alguns produtos nos quais seu e-commerce é mais competitivo. Negociar com os fornecedores e reforçar o estoque desses produtos.

Dessa forma, conseguirá bons descontos na aquisição e por consequência oferecer descontos maiores aos consumidores.

7-Capriche na divulgação das suas promoções

Ofertas especiais da Black Friday

Primeiramente, não adianta se preparar para vender na Black Friday se os clientes não souberem do seu evento. Para isso, use estratégias de marketing digital com objetivo de preparar os seus clientes e alcançar novos públicos. 

Defina quais ferramentas serão utilizadas e qual o custo da sua campanha de marketing para divulgação da Black Friday.

O melhor é iniciar a sua campanha pelo menos 1 mês antes do evento e intensificar nos 20 dias finais. Isso vale tanto para o disparo de mensagens e e-mails, quanto para as divulgações dos seus produtos feitas em postagens nas redes sociais.

Uma dica legal é vender para quem já é seu cliente, pois é mais fácil e barato. Sendo assim, busque por seus contatos de seus clientes e faça uma agenda com ações de remarketing, com disparo de e-mails e mensagens para o WhatsApp divulgando a Black Friday da sua loja. 

Outro ponto importante é customizar seu site e suas redes sociais  com tema da Black Friday, que precisam destacar as promoções e os produtos de maior saída.

8-Ofereça diferentes opções de pagamento

Pois bem, se em sua loja virtual você trabalha somente cartões de crédito, seria ideal estruturar seu site para aceitar outros formatos de pagamentos.

Ofereça se possível pagamentos por Pix, boleto bancário, débito, mais parcelas no cartão (definindo um valor para tal), e até mesmo dividir em mais de um cartão.

Sem sombras de dúvidas, ter variedades de pagamentos e facilitar a compra faz com que seu negócio venda mais tanto na data quanto em qualquer momento. Muitos consumidores ainda não têm cartão de crédito e não finalizam a compra devido a falta de opções em realizar o mesmo.

Afinal, temos que entender que existem milhares de opções para os consumidores, e se queremos estar de igual pra igual estratégias deverão ser implantadas.

9-Nem pense em fazer “Black Fraude”

É importantíssimo aprender com os erros cometidos por inúmeros comerciantes usam desta estratégia que gerou até um termo específico Black Fraude, para a prática de elevar os preços semanas antes da Black Friday e reduzir os valores no dia do evento como se fossem promoções imperdíveis.

Por isso, não vá achando que seus clientes regulares não sabem o custo dos seus produtos. Logo, precificar de forma honesta e não usar dessa artimanha durante o período em que eles buscam por reais descontos acarretará além da quebra de confiança, o fim do ciclo desse consumidor em sua loja. 

Além disso, os compradores em geral estão mais espertos na hora de pesquisar por preços e opções. Não vá achando que vão comprar no primeiro site que visitarem.

Ou seja, a Black Fraude pode acabar com a reputação do seu negócio e afastar clientes em potencial. 

Uma boa estratégia é negociar com os seus fornecedores por condições melhores, como comprar em maior quantidade por um preço de custo mais baixo os itens mais vendidos na sua loja, reforçando assim seu estoque e abrindo mais margem de lucro ao mesmo tempo.

10-Prepare um plano de envios e dê atenção ao frete

Envio de mercadoria

Primeiramente, vale lembrar que o cliente pode nunca mais comprar na sua loja virtual caso não fique satisfeito com o serviço prestado.

Outro ponto é se certificar que o prazo de entrega não seja tão longo, pois muitas pessoas aproveitam o evento para comprar algo que desejam muito ou presentes de fim de ano. Quanto mais rapidez nas entregas, melhor para a imagem da sua loja.

O custo do frete, outro ponto fundamental, não deve ser alto a ponto de induzir o abandono do carrinho.

Planejar e conversar com os transportadores também é essencial, pois é legal passar um prazo de entrega aos clientes. Já que, muitas pessoas deixam de adquirir produtos nesse dia por acharem que a entrega será bastante demorada, então poste o quanto antes seus pedidos, organize os envios e surpreenda o seu cliente.

Então se prepare para a Black Friday e esteja pronto para dar suporte caso as pessoas procurem informações sobre a entrega.

11-Estruture seu site

Já falamos o quanto é importante investir em marketing, fazer campanhas e promoções vantajosas para atrair mais clientes. Porém de nada adianta se você não tem um site estruturado, pronto pra recebê-los e efetivar a venda sem problemas.

Muitos clientes ficam insatisfeitos por não conseguirem efetuar a compra e o melhor a se fazer é investir nesta estrutura para que não haja lentidão e quedas durante a Black Friday.

Outra dica é fazer um teste completo da sua loja virtual dias antes. Dessa forma, fica mais fácil identificar erros e corrigi-los para que não ocorra nenhum problema em seu site na hora das compras.

12-Considere ofertas exclusivas para celular

Vendas pelo celular

Em 2020, mais da metade das vendas diretas da Black Friday foram feitas em um dispositivo móvel. E essa estatística só deve crescer nos próximos anos. 

Você pode aumentar sua probabilidade de sucesso nas compras pelo celular melhorando a navegação e a velocidade do site e garantir que ele esteja otimizado para o tráfego de celular. 

De acordo com Neil Patel, o segundo motivo pelo qual as pessoas deixam seu site é porque é difícil ler no celular. Isso não é apenas prejudicial para suas conversões, mas o Google também prefere sites compatíveis com dispositivos móveis ao ditar sua posição SERP. 

Verifique o tempo de carregamento do seu celular , configuração e tamanhos de imagem para garantir que os compradores móveis tenham a melhor experiência possível. 

13-Invista na fidelização pós-Black Friday

Chegamos ao momento mais importante, quando toda a expectativa gerada durante a compra, pode ser atendida, superada ou na pior hipótese, frustrada.

Ou seja, essa é a fase que você irá fidelizar esse consumidor e aumentar a sua carta de clientes ou perdê-lo de vez, podendo até fazer propaganda negativa da sua loja para outras pessoas, tanto no boca-a-boca como pelos canais digitais.

Por isso, a primeira experiência com seus produtos deve ser inesquecível. Uma boa maneira de atingir esse objetivo é oferecendo uma experiência de unboxing. Envie uma embalagem personalizada, brindes fofos, um recadinho carinhoso no interior do pacote para a pessoa que comprou e faça embrulhe com carinho.

Obviamente, problemas podem também ocorrer e, nem sempre, podemos evitá-los, mas um pós-vendas de qualidade com um retorno prestativo e uma solução rápida podem reverter um quadro negativo e ganhar ainda mais a confiança das pessoas.

Conclusão

Black Friday

Enfim, chegou o momento de arrasar na Black Friday 2021. Coloque em prática todas estas dicas e saia na frente de muitos que não se prepararam para este evento incrível.

E não se esqueça de buscar sempre por novos conhecimentos e novas estratégias, pois a mudança é constante e não podemos ficar pra traz.

Gostou das dicas que trouxemos? Espero que lhe ajude a detonar nas vendas e colocar ainda mais seu negócio em evidência.

Agora se você, ainda, não tem seu negócio online, veja este artigo e tenha algumas ideias pra começar.

Valeu Forasteiro!

2 Comentários


  1. Obrigado Henrique, continue nos acompanhado. Sempre estamos com novidades…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *